Follow Us @anny_silva

19 outubro 2017

Dicas de decoração

14:45 0 Comments
Sabe aquele ditado de quem casa, quer casa? 
Pois bem to casadinha a quase 13 anos com o meu super marido, quando digo SUPER é no bom sentido tendo em vista que eu não sou lá "a pessoa mais fácil de se conviver". Se liga na catástrofe, eu tenho Toc, e a mania de limpeza, então eu sei que é difícil de se conviver quando o outro não tem o mínimo senso de arrumação, mas isso é assunto pra outro post.

Hoje eu vim aqui falar de decoração, não entendo bulofas nenhuma de decoração, mas as referências da internet e o tio google está ai justamente para nos dar uma mão certo? 
A minha casa é arrumadinha, e eu sempre tendo decorar de uma forma que fique a minha cara, e com ar clean. Não gosto de cores muito carregadas, massss resolvi que quero uma parede preta na minha casa e já ate escolhi a abençoada da parede que vai virar o negão sensação lá no meu barraco. 

Então hoje eu vim mostrar pra vocês, não a minha casa hahaha, essa só vou mostrar qdo tiver pronta! Talvez eu faça um antes e depois para mostrar para vocês. Mas hoje vou mostrar as referências das coisinhas que quero fazer lá no meu cafofo.

Parede escura:

Sabe aquelas pessoas quando enfia uma coisa na cabeça e enquanto não faz, não sussega? Prazer sou eu. Já falei pro marido que eu quero uma parede escura la em casa e vou fazer pronto, acabou!
A minha sala não é que ela é pequena, ela é comprida então eu não tenho muito como mexer nos móveis, então fico meio limitada sabe.

Pegboards:

Quero um pegboards no meu home office que fica no meu quarto, tenho um cantinho onde tem minha mesa meu mural de fotos e eu quero um desse lá, para quem não conhece é essa placa com os furinhos, o meu cantinho é parecido com essa da foto vermelha, e já até tive umas ideias aqui quando ví essa foto.
Já vi usarem os peg até na cozinha, e minha mente ja fervilhou de ideias por aqui.

Parede de quadros:

A parede que eu pensava em fazer isso meu marido usou para por o aquário então tive que mudar meu planos, minha parede de quadros ficará acima da minha estante de livros na sala, espero que fique bem legal e essa é bem parecida com a que eu tenho e mente.

Bancos no balcão:

A minha cozinha é americana, fica de frente pra sala e eu quero colocar uns 2 ou 3 bancos nele, eu pensei nesses igual ao da foto, mas se eu achar mais simples e auto to pensando em colocar. Porque infelizmente fizeram o meu balcão muito alto, e não infelizmente eu não dei pitaco na construção então hoje tenho que me virar com ele do jeito que é . Vai ficar bem legal tbm quando essa parte tiver finalizada.

Bom gente eu tenho várias ideias, quero fazer minhas próprias almofadas e colocar bastante coisa de HP lá, um quadrinho, um enfeite pra quem chegar, olhar e dizer.. Nossa Anny é a tua cara!
Vocês curtem esse lance de decoração? 
Me mostra as ideias de vocês que vou adorar. 😜

16 outubro 2017

Dica: 5 filmes para ver no Halloween

11:19 3 Comments
Outubro e o halloween, eu já disse aqui que eu adoro halloween?
Tá ai uma das festas que na minha opinião deveria ser comemorada igual ao Natal rsrs. Já imaginaram as crianças no dia 31 indo de casa em casa no clima de Doce ou Travessuras, ia ser demais.

Mas hoje eu to aqui pra indicar 5 filmes para o dia das bruxas, e tô aqui para indicar os que eu gosto pra valer, de ficar com os cabelos em pé, e ter dificuldade de dormir a noite, porque eu sou dessas.

Terror/Suspense é meu gênero de filme predileto, então vou indicar alguns que eu mais gosto aqui.

Invocação do Mal 2


Ed e Lorraine Warren com certeza não poderia deixar de entrar na minha lista, eu poderia indicar o filme 1, mas confesso que o dois foi o que mais me ganhou.
O filme conta a história do casal ajudando uma mãe solteira que cria quatro filhos sozinha em uma casa atormentada por espíritos malignos.
Madison Wolfe (Janet Hodgson) fez um papel incrível nesse filme, eu gostei muito da interpretação dela.

O exorcismo de Emily Rose


Nesse filme temos Jennifer Carpenter ( Emily Rose), desempenhando uma papel maravilhoso. Eu lí em algum lugar que ela dispensou duble e chegou a se machucar na cena do hospital, disse que ela mesma fazia as feições que vimos no filme e eu achei que ela arrasou nesse filme. Neste filme o reverendo Pde Richard Moore é processado por homicídio culposo de uma menina que pensavam estar possuída por demônios. O promotor público Ethan Thomas afirma que a jovem mulher, Emily, sofria de esquizofrenia e deveria ter sido clinicamente diagnosticada. Enquanto isso, a advogada de defesa Erin Bruner argumenta que a condição de Emily não pode ser explicada somente pela ciência. 
Filme de fatos reais sempre deixam a gente mais apreensiva não é?

O Ritual

 
 O ritual foi um filme que eu comecei a ver e não dava nada pra ele. Mas conforme o drama ia se desenvolvendo foi ficando interessante.

Um seminarista é enviado ao Vaticano para estudar exorcismo, apesar de sua relutância e ceticismo em relação ao tema. Ao encontrar um veterano padre que já realizou milhares de exorcismos, sua incredulidade, porém, desaparece. E ele é atraído a solucionar um caso aterrorizante que o levará a questionar tudo em que acredita.

Caça as bruxas


 Caça as Bruxas não é lá de dar medo mas tem tudo a ver com o halloween, e tem o Nicolas Cage que não é pouca coisa certo gente? Apesar do Nicolas ser tudo de bom, quem me ganhou nesse filme foi o Felson (Ron Perlman) ele é muito engraçado em certos pontos do filme.

Quando dois cavaleiros retornam das cruzadas, encontram sua terra natal destruída pela peste negra. A igreja acredita que a praga tenha sido causada por bruxaria e obriga os cavaleiros a conduzir uma jovem bruxa a um monastério, onde será julgada pela suspeita de ser a causadora da epidemia.

Possessão



Clyde compra uma casa nova e a filha mais nova, Em, convence-o a comprar também uma caixa antiga. Logo, Em se mostra obcecada com o artefato e age de forma cada vez mais estranha. Descobre-se, então, que ela está possuída por um espírito do mal.
Mais um baseado em fatos reais pra fazer a gente ficar de noite acordada, mas sabe o que tem de bom nesse filme?  Jeffrey Dean Morgan hahahah...

Bom gente essas são as minhas indicações pra vocês, caso tenham algum pra me indicar só deixar ai nos comentários blz?


 

13 outubro 2017

Resenha: A Escolha - Série Irmandade da Adaga Negra #15

21:06 1 Comments
Olá amigos, e o assunto de hoje é a Irmandade da Adaga Negra, minha saga predileta depois de Harry Potter, apesar de ser dos gêneros totalmente diferente um do outro. Mas quem ja leu algum livro da Ian sabe do que to falando.

Pois bem la fui eu lá me aventurar em A escolha, sim parei todas as leituras que estava fazendo para me dedicar inteiramente a esse livro, e foi um fim de semana bem gostosinho, porque eu estava cheia de cólica e fiquei deitada só no drama de Xcor e Layla.

Bom vamos lá? Prometo que tentarei não dá nenhum spoiler por aqui ok?


  A Escolha - Irmandade da Adagra Negra #15
  Autora: J.R Ward
  ISBN: 10:8550301957
  Ano: 2017/ Páginas: 528
  Editora: Universo dos Livros


Sípnose: Emocione-se e se surpreenda com a tão aguardada sequência da série best-seller Irmandade da Adaga Negra, da autora best-seller do The New York Times, J. R. Ward! Xcor, líder do Bando de Bastardos e acusado de traição contra o Rei Cego, enfrentará um interrogatório brutal e um destino tortuoso nas mãos da Irmandade da Adaga Negra. Todavia, depois de uma vida marcada pela crueldade e por decisões infelizes, ele aceita seu destino de soldado, sendo que seu único lamento é a perda da fêmea sagrada que nunca foi sua: a Escolhida Layla. Somente Layla conhece a verdade capaz de salvar a vida de Xcor. Mas revelar seu sacrifício e sua herança secreta exporá a ambos e destruirá tudo o que Layla mais ama – até mesmo o papel de genitora de seus filhos preciosos. Dividida entre o amor e a lealdade, ela precisará criar coragem para enfrentar sua única família, a fim de defender o macho que amará para sempre. Além disso, mesmo se Xcor recebesse o perdão de alguma maneira, ele e Layla teriam de enfrentar um desafio ainda maior: criar uma ponte sobre a fenda que afasta seus mundos sem sedimentar o caminho para uma guerra de proporções ainda mais devastadoras, incorrendo em desolação e morte. Além disso, quando um velho e perigoso inimigo retorna a Caldwell, e a identidade de uma nova divindade é revelada, nada é certo ou garantido no mundo da Irmandade da Adaga Negra, nem mesmo o amor verdadeiro… 


Minhas Impressões:

Gente não tenho palavras para descrever tamanha essa imaginação da autora para conseguir criar uma série com tantos personagens e histórias independente uma da outra, depois de 15 livros ela consegue nos abismar com tamanho carisma. A tia Ward sabe exatamente o que está fazendo e ainda consegue enfiar mais personagens nesse enredo todo, olha tiro o meu chapéu e dou os parabéns porque ela merece, afinal no meio dos 15 o único que foi uma merda até agora foi o do Phury hahahaha.

Bom vamos lá a esse livro que me encantou desde o início, mas eu sei rs, sou suspeita pra falar porque sou uma viciada em Ian. O bom do livro é que ela nos conta precisamente a história do Xcor, seu nascimento, o que houve depois e como ele foi parar até onde está no momento. Certo eu chorei porque o vida desgramenta o coitado passou.

O livro todo gira em torno de Layla, Xcor e Qhuinn, esse último me tirou do sério em vários momentos, e quando eu pensava lá vem mais Xcor e Layla, o Qhuinn vinha e merda, pois sim, merda atrás de merda, para não ficar sozinho no meio da diarréia inteira o Thor que me deu nos nervos nesse livro se juntou com ele.

Sério tem uns guerreiros que precisam de tratamento psicológicos, que bando de otários!

Layla, que Escolhida maravilhosa, a mulher cresceu de uma forma, a Ward conseguiu elevar o nível dessa personagem a um patamar diferenciado, ela cresce e amadureceu de uma forma incrível, como diz os guerreiros... que fêmea de valor.

Gente não tem como descrever o quanto eu me emocionei e me emputeci com esse livro, tem tanto pra chorar e se emocionar, e a rir tbm viu, o humor não ficou de fora nem um minutinho.

_ Vishous, por favor não...
Xcor encontrou sua voz uma vez mais.
_Não na frente dela. Não faça isso na frente dela, se você tiver alguma decência. Mande-a embora e depois me mate.
... O irmão olhou para Layla - Saia daqui. Agora.
Pág. 171
A universo dos livros caprichou a capa esta linda, eu vi uns 3 ou 4 erros de digitação, fora isso tudo perfeito.
Espero que vocês gostem, tanto quanto eu desse livro, e estou ansiosa para saber sobre o próximo. 

11 outubro 2017

Parabéns pro meu pai!

11:59 1 Comments
Guarujá, 11 de Outubro 2017.

Meu pai e a Gabrielly no aniversário de 15 anos dela.


Hoje eu venho rapidinho aqui para deixar os parabéns para o meu pai que completa mais uma primavera hoje.

E dizer que abençoado seja nosso Senhor que me mandou nessa terra como sua filha, eu aprendi muito com o meu pai, aprendi desde cedo que é importante ter responsabilidades, a não ter medo de chamar a responsa para sí. 

Aprendi a ser independente desde de muito nova, e nunca fiquei na aba do "pai me dá isso", não to dizendo aqui que nunca pedi nada pro meu pai, até eu completar 14 anos quando precisava eu pedia, mas comecei a trabalhar muito cedo, por escolha minha e isso me trouxe grandes benefícios.

Sempre fui muito solta, mas sempre tive a cabeça no lugar, nunca fui aquela Maria vai com as outras e eu devo muito aos meus pais por isso, meu pai sempre conversou comigo sobre tudo, me abriu os olhos pro mundo. Sempre deixou minhas escolhas nas minhas mãos, e com isso eu aprendi desde de cedo que tudo tem consequências e nem sempre é bom lidar com elas.

Sempre fui muito focada, e devo isso a educação que recebi desde de nova, mesmo quando meus pais se separaram, ele sempre foi muito presente na minha vida, coisas que não vejo muito nos homens de hoje em dia.

Eu tenho um gênio forte, sou explosiva, falo mesmo na cara quando não to satisfeita. As vezes não tenho filtro e acabo magoando as pessoas sem intenção. Mas de coisa é certa, eu sou franca! E isso é uma das coisas que puxei do meu pai, infelizmente a falta de paciência é uma delas, mas diz ai? Ninguém é perfeito né não??

Parabéns Pai, o senhor é um cabeça dura, mas se não fosse não seria meu pai.

Felicidades sempre....

03 outubro 2017

Resenha: Como eu era antes de você

17:50 2 Comments
Oi gente, depois de um tempinho sem dá as caras por aqui enfim vim tirar as teias de aranhas.
Não estava mesmo com saco de blogar, ando casada pra burro ultimamente, mas cá estamos e vamos de resenha.


Livro: Como Eu Era Antes de Você #1 
ISBN-13: 9788580573299
ISBN-10: 8580573297
Ano: 2013 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Sipnose: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


 Minhas impressões:

 Confesso que demorei muito para ler esse livro porque eu já sabia que seria uma história triste, e não me sentia preparada para afundar em rios de lágrimas ultimamente, e outra eu não vi o filme até hoje porque acreditem, eu queria ler o livro primeiro. Pois então parei de protelar e me joguei na história triste, mas definitivamente linda de Lou e Will.

A Lou me ganhou logo de cara, me identifiquei com o jeito estabanado dela imediatamente, moça alegre, cativante e totalmente sem noção no sentido vestuário, mas sim com certeza vou procurar um meia de abelha pra mim porque eu quero andar feito uma abelha pela casa rsrsrs.

— O pneu dessa coisa fura? — perguntei, por fim, apontando com a cabeça
para a cadeira de rodas. — Porque não tenho a menor ideia de onde posso
colocar um macaco para levantá-la  (pag.51)

Eu não tinha tido o prazer de ler nenhum livro da Jojo antes e meio que senti um pouco do clima de A culpa é das estrelas nesse livro, deve ser por causa do Will sei lá, uma tragédia mas que não deixa de retratar a vida de com certeza muitas pessoas nesse mundão de Deus.

Não tem como não rir com as loucuras da Lou, eu ri muito mesmo.. e em certo ponto meu marido perguntou se eu estava lendo alguma comédia porque as gargalhadas corriam solta la em casa, pelo menos até os últimos capítulos quando abri as comportas dos meus dutos lacrimais e confesso que ainda to pra baixo com o final do livro.

Adorei que a autora colocou pontos de vistas dos outros personagens, estranhei de primeiro momento, mas depois fluiu feito uma beleza.

 Peguei uma certa repulsa pela Treen de início mas no final até a folgada me ganhou, Patrick já é outros quinhentos né? O cara chato dus infernos.

Mas apesar das tristezas que envolve a história a autora conseguiu dosar bem as partes de humor. To simplesmente encantada com esse livro, e ví que tem a continuação que devo começar hoje mesmo.

Vale muito a pena ler gente, vemos bem retratado o ponto de vista do Will um cara super ativo que se encontra tetraplégico, demonstrando suas amarguras e que no fim só queria mesmo apesar de trágico que sua vontade prevalecesse.

Você já leu? Me diz o que achou??

Beijos


22 agosto 2017

Quando um adeus machuca...

10:51 0 Comments
Guarujá, 21 de Agosto de 2017.

Todo mundo diz que Agosto de Deus é o mês que não acaba nunca, mas confesso que não vejo a hora de 2017 chegar no fim. Meu Deus esse mês não está sendo fácil!
Aquela fase que a Britney passou em 2002, acho que estou vivendo esse ano, sabe aquela mandinga bem feita? Pois devem ter feito uma pra mim com uma dúzia de galinha e milhares de caixa de vela preta porque o negócio ta feio rsrs...

E tiro, porrada e bomba pra todo canto que olho, e eu posso dizer que to ficando craque em me jogar no chão pra desviar dos tiros, mas de vez enquando sempre acerta um, e o tiro dessa semana pegou em cheio no meu coração.

Meu Woody partiu dessa terra, para a dos anjos porquinhos da índia, todo mundo ta sentindo bastante lá em casa, principalmente meu filho de 7 anos, o Woody estava com a gente desde que ele tinha 2. Primeiro bichinho que ele ver indo embora, se a gente que é adulto ja sofre, imagina uma criança.

Eu peço a compreensão de todos vcs que me visitam aqui, quero fazer minhas visitas mas ando sem cabeça pra isso. Espero que as coisas melhorem com o decorrer dos dias e tudo volte ao normal.





Um beijo gente, e obrigada sempre...

03 julho 2017

Bem vindo Julho

11:12 1 Comments
Guarujá, 03 de Julho de 2017.

Olá meu queridos, passadinha rápida para informar do sumiço que aconteceu por aqui. Muitos contra tempos e dorzinhas me fizeram ficar afastada do blog por esses dias.
Dei mal jeito na coluna, tendinite começou a incomodar, então eu resolvi dá um tempinho por aqui e me organizar. Mas a organização não está tão boa assim, não to dando conta de realizar tarefas simples, mas tenho fé que tudo vai se resolver logo.

Essa semana não vou ter tempo de dá muita atenção no blog, estou fazendo as visitas e comentando sempre que possível, se vc passou por aqui e eu ainda não fui retribuir, fique tranquilos que logo eu to indo ver as novidades que vcs tem para contar.

Dia 08/07 no sábado meu cunhado vai casar, vou ser madrinha iupiii. Estou super animada e ansiosa, gente meu vestido é lindo, meu próximo post será o dia, quero ver se registro no insta e tudo mais. Falando em instagram, eu abri um só para imagens pro blog se você ainda não me segue la então corre e me segue Fala ai anny - Instagram quero deixar tudo registrado e eternizar um momento tão bonito na vida de um casal.

As leituras estão devagar quase parando, além das releituras que estou fazendo, não sei o que anda acontecendo comigo, mas resolvi ler dos os livros da IAN novamente, mas deve ser por causa do lançamento do 15º livro que deve sair esse ano ainda, pelo amor da Virgem escriba cês viram aquela capa da A Escolha? Achei linda, apesar de no começo ter gostado do nome, hoje acho que fugiu do propósito da série...
A Escolhida seria melhor, mas tem coisas que não podemos mudar né não??




Fala se essa capa num tá maravilinda 😍😍??
Pelo que eu estou sabendo a Universo dos Livros, deve lançar em meados de Agosto essa maravilha!
Não to muito  certa dessa informação, mas como sou super fã da tia Ward e amoo de paixão os livros da Irmandade vou esperar ansiosa para colocar minhas mãozinhas nele rsrs.